Antes …

moça janela

 

Avant donc que d’écrire, apprenez à penser.

Nicolas Boileau, 1636 – 1711

 

 Antes de escrever, (deve-se aprender a) pensar.

Explore posts in the same categories: Uncategorized

4 Comentários em “Antes …”

  1. denise Says:

    Permita que eu discorde em parte?
    Explico.
    Todo pensamento (concebível) por si só é instigante. Sempre traz uma (pontinha que seja de) reflexão e ilumina, os recônditos do consciente e talvez abra as portas para o inconsciente se expressar. Penso.
    Tenho um blog, com finalidade (desde sua criação) especificamente terapêutica. Por isso, o mantenho no anonimato embora o considere doce e belo.
    Uma troca de dialógo entre minha alma e meu intelecto.
    Com uma dose de bom senso escrevo tudo que sinto, e o faço direto na web sem passar por um rascunho. Digito e faço acertos (algo sempre escapa) antes de postá-lo e nada mais.
    Depois sim, volto e leio, penso no que escrevi. Potr vezes, depois de reflexão levo para o rascunhos. Em sua maioria, deixo. Quando sinto que devo, melhoro aqui e ali. E outras vezes, até comento o que escrevi depois. Ou seja, dialogo comigo mesma.
    Sinto que estou cada vez menos distante de mim, ao me ler. Reduzindo distâncias (título de um post meu). Essa proximidade tem enriquecido meu olhar sobre a vida e vem ‘organizando’ emoções minhas.
    As cores das minhas paisagens tem se renovado e olhares também.
    Meu blog me acompanha nos meus extâses e declives. E como!!
    E também é porta para outros voos. Alimento a escritora ainda adormecida em mim.
    E assim meu processo de individuação (estudo Jung com um grupo pequeno e seleto de pessoas admiráveis, a neófita sou eu.) vem cumprindo seu destino em mim.
    Perdoe-me se pareço pretensiosa ou contestadora.
    A intenção é partilhar meu olhar.
    Se não for bem abraçado, sinta-se livre para deletá-lo. Transito bem com os opostos.
    Grata pela oportunidade, pois seu post fez viagem em mim. Isto já é ótimo!
    um beijo
    denise

  2. denise Says:

    Helena,

    Amei seu comentário!!
    Boileau, nesse seu contexto, ganhou em significados.
    Muito bem elaborado!
    Grata pelo carinho da presença e afago na minha sensibilidade, já bem visitada pelo Timilique! e seus textos adoráveis!
    A alegria é minha em estar aqui.
    um beijo e até!

    ah… que nome mais fofo, doce e convidativo para um blog: Timilique!
    Parabéns pela feliz e sensível escolha.

  3. denise Says:

    Não. Não sei, Helena.
    Desde o iníco fiquei curiosa com o título. Fui no google buscar informações sobre o nome “Timilique”. Tudo o que consegui foram apenas links que me direcionaram para postagens suas, aqui e em outros blogs.
    Intui, direcionada pela seu olhar tão sensível, que não seria um nome comum.
    Aguardo notícias suas sobre esse nome que me encantou! Por favor, ficaria muito grata.
    beijo

  4. denise Says:

    Em nenhum momento, por mais que pudesse ‘viajar’, teria suposto tamanha criatividade. ‘Timilique”, fruto de ‘Estrimilique’.
    Há tempos não a ouço. Um resgate sonoro e poético.
    ‘Estrimilique’
    Parabéns por tão bela e criativa junção. Formidável!
    ‘Tia Tiz’ é muito doce também.
    Amei a historinha da criação do ‘Timilique’. E a sua primorosa atenção.
    Gratíssima.
    um beijo.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: